sábado, 31 de maio de 2008

2º Trimestre 2008 - Maravilhos Jesus - A ternura de Seu amor

Leituras da semana: Mt 5:44-48; 19:13, 14; 23:37; Lc 10:38-42; Jo 8:2-11; At 6:7

Jesus era movido para as pessoas; Seu coração voltava-se para elas. Vemos essa mesma preocupação geral em Marcos 8:1-3, onde Jesus Se preocupa com a fraqueza do povo a caminho de casa. "Há três dias que permanecem comigo", Ele lembra Seus discípulos, "e não têm o que comer. Se Eu os despedir para suas casas, em jejum, desfalecerão pelo caminho; e alguns deles vieram de longe" (v. 2, 3).


É uma preocupação notavelmente terna, e diz muito sobre Jesus. Ele conhecia Seu público. Ele simpatizava com suas necessidades. Sentia suas dores. Ele nem nos pede que sejamos exatamente iguais a Ele ou que façamos exatamente o que Ele fez. Pois embora Ele mesmo tivesse passado por quarenta dias de jejum, estava preocupado com a saúde e a segurança de pessoas que haviam passado apenas três dias comendo quase nada (embora talvez não totalmente sem comida).


Para ler toda lição clique [aqui]


.


sexta-feira, 30 de maio de 2008

Verdade Iminente - Cap. 02 Adoração de Imagens

Segue abaixo uma prévia do livro Verdade Iminente, iremos disponibilizar aos poucos os capítulos, caso queria contribuir com sugestões, textos e versículos não deixe de entrar em contato.

Veja uma prévia do segundo capítulo clicando [aqui]

O capítulo de forma racional discute a respeito de adoração de imagens, um texto sem nenhuma ofensa, apenas abordagens bíblicas e de reflexão. Convido a você a uma reflexão sobre este tema.

Obrigado,

Ouvindo a Voz de Deus (Vídeo) - 02 A Beleza da Criação Divina



Neste segundo episódio de estudos Ouvindo a Voz de Deus, iremos saber qual e como foi a origem de todo universo.

Segundo a Bíblia qual foi a origem da vida no planeta? Criacionismo (criação a partir de Deus - em 6 dias / 24 horas) ou Evolucionismo (evolução das espécies sem a necessidade de um Deus - milhões de anos).

Desvenda os mistérios da criação assistindo o segundo estudo clicando sobre a imagem acima.
Para ter acesso aos estudos anteriores da série Ouvindo a Voz de Deus clique [aqui]

quinta-feira, 29 de maio de 2008

ÁRVORE DE VIDA


A esperança que se adia faz adoecer o coração, mas o desejo cumprido é árvore de vida. Prov. 13:12.

Noel Borja poderia ter-se tornado milionário se tivesse lido e praticado o conselho bíblico de hoje. Ele tinha 30 dias para apresentar-se diante das autoridades e reclamar os 116 milhões de dólares que seu desaparecido avô deixara para ele como único herdeiro.

Infelizmente, a casa onde ele morava estava vazia. Procuraram-no por todos os lados, mas ninguém sabia o novo endereço. A carta que comunicava a notícia se perdeu numa montanha de correspondência não atendida. A data limite expirou e Noel nunca apareceu.

Teria sido tão simples avisar o seu novo endereço. Talvez ele até tenha pensado em fazê-lo. Seguramente disse: “Amanhã.” O amanhã nunca chegou, e ele nunca aproveitou aquela fabulosa quantia de dinheiro. Não deixe para amanhã o que se pode fazer hoje. Esse é o resumo do conselho de Salomão. O amanhã pode não chegar. Hoje é o dia. Agora é a vez.

Tudo que se adia traz tristeza ao coração. Uma decisão, um trabalho, uma resposta. Inventam-se desculpas para justificar essa atitude. As pessoas podem até acreditar nos argumentos que inventamos, mas a vida não. A realidade é dura. Mais cedo ou mais tarde cobra o preço do dever adiado.

Hoje é um dia para reavaliar a nossa atitude diante dos deveres e promessas, porque “o desejo cumprido é árvore de vida”. Prov. 13:12. Não existe melhor exemplo de abundância que uma árvore cheia de frutos. A exuberância de seu aspecto fala de prosperidade e plenitude. Há alegria, gozo e realização. O futuro parece promissor, o presente oferece segurança, e o passado, satisfação.

A árvore cheia de frutos fala do tempo exato da semeadura, do cultivo e da colheita, da estação certa da chuva e do sol. O que tinha que ser feito, foi feito na hora certa, nada foi adiado. Adiar a chuva, por exemplo, teria sido trágico no amadurecimento do fruto.

Este é o dia, não amanhã. Diga “eu te amo”, hoje. Peça perdão agora. Abra os braços para a reconciliação neste instante. Não adie porque “a esperança que se adia faz adoecer o coração, mas o desejo cumprido é árvore de vida”.
Meditações Diárias

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Ouvindo a Voz de Deus (Vídeo) - 01 A Bíblia



Com o término dos estudos de Eventos Finais, iremos começar uma nova série de estudos, a partir de hoje "Ouvindo a Voz de Deus" trará diversos assuntos.

Dividida em 21 episódios - Assista o 1º estudo em vídeo clicando sobre a imagem a cima.

Você sabe quem escreveu a Bíblia? Qual a duração de escrita? Quantos livros? Quem A criou? Você está convidado a assistir o 1º Estudo - A Bíblia.

Eventos Finais - A Nova Terra



Estudo em Vídeo sobre Eventos Finais. Continuando o estudo sobre Eventos Finais, veja útlimo episódio clicando sobre a imagem acima.

Para ver todos os estudos anteriores clique [aqui]

terça-feira, 27 de maio de 2008

Não recuse este convite


Não retarda o Senhor a Sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, Ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento. II Ped. 3:9.

Um general americano chamado Taylor encontrou a fama ao confrontar um exército três vezes maior do que o seu. As forças mexicanas do General Santa Anna ameaçavam destruir suas tropas. Inferiorizado numericamente, Taylor conseguiu manobrar com maior competência, conquistando uma vitória decisiva na Batalha de Buena Vista, tornando-se um herói nacional. Depois que se aposentou e voltou para casa em Baton Rouge, recebia muitas cartas de congratulações. No início, Taylor gostava de recebê-las; porém, em pouco tempo, havia mais do que ele podia responder. Muitas nem tinham selo e começaram a ficar empilhadas no correio.

Finalmente, o general decidiu que não receberia nenhuma carta. O correio local passou a enviar as cartas para um depósito de "cartas mortas" em Washington. Isso seria o fim da história, e também o fim da carreira de Taylor, não fosse uma visita casual de um velho amigo, que lhe perguntou se não havia recebido uma carta muito importante, da Filadélfia.

Taylor já não estava recebendo muita correspondência, mas seu amigo o convenceu a contactar o depósito de "cartas mortas" e tentar recuperar aquela carta. E assim ele fez. Na verdade, a carta era um convite para uma certa convenção política na Filadélfia, onde foi apontado como candidato à presidência. Foi assim que o General Zachary Taylor tornou-se o 12º presidente dos Estados Unidos, embora quase tivesse perdido a chance.

O convite mais maravilhoso é o do Senhor, para que vivamos com Ele a eternidade. Mas é possível perdê-lo. Infelizmente, muitas pessoas o negligenciam, sem escapatória. A epístola aos Hebreus concorda. "Como escaparemos nós, se negligenciarmos tão grande salvação?" Heb. 2:3. A salvação é muito mais do que a nossa resposta inicial ao chamado de Cristo. Todos os dias, Ele nos convida a segui-Lo. Através do Seu Espírito, insiste para que O sirvamos. Convida-nos diariamente a fazer a mesma escolha que fizemos um dia, respondendo aos apelos do Seu amor.

Vamos dizer-Lhe outra vez: "Senhor, aceito o convite; sou Teu, hoje."

Meditações Diárias

segunda-feira, 26 de maio de 2008

O Fim do Pecado



Estudo em Vídeo sobre Eventos Finais. Continuando o estudo sobre Eventos Finais, veja o sexto episódio clicando sobre a imagem acima.

Para ver todos os estudos anteriores clique [aqui]

domingo, 25 de maio de 2008

OS PECADOS SÃO IGUAIS?



Todos os pecados são iguais aos olhos de Deus?
Por Alberto R. Timm

Fundamental para entendermos o problema do pecado é a distinção entre pecado (condição) e pecados (atos pecaminosos). O pecado é uma condição humana de alienação de Deus e um princípio interior propulsor para o mal (ver Is 59:2; Ef 2:1-3 e 5). Esse princípio se manifesta exteriormente através de atos pecaminosos. Cristo declara que “de dentro, do coração dos homens, é que procedem os maus desígnios, a prostituição, os furtos, os homicídios, os adultérios, a avareza, as malícias, o dolo, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura” (Mc 7:21 e 22).


Embora a essência de todos os pecados seja sempre a mesma (alienação de Deus), existem algumas realidades que nos impedem de aceitar a teoria de que todos os pecados são iguais aos olhos de Deus. Uma delas é o processo pelo qual a tentação se transforma em pecado. Esse processo é geralmente composto pelos seguintes estágios: atenção, consideração, desejo, decisão, planejamento e ação. Uma vez que o grau de envolvimento nesse processo pode variar de intensidade, não podemos afirmar que o pecado de alguém que teve apenas um desejo pecaminoso momentâneo, seja tão ofensivo a Deus como o pecado premeditado de Davi com Bate-Seba (ver 2Sm 11).


Que Deus não considera todos os pecados iguais é evidente também no fato de o próprio Deus haver prescrito diferentes sacrifícios no Antigo Testamento para a expiação dos diferentes pecados (ver Lv 1 a 7). Além disso, se todos os pecados fossem iguais, como querem alguns, por que deveriam os ímpios ser punidos no juízo final, “segundo as suas obras” (Ap 20:11-13)? Por que alguns haveriam de ser castigados, naquele juízo, “com muitos açoites” e outros com “poucos açoites” (Lc 12:47-48)? Se os pecados fossem iguais, não receberiam todos o mesmo castigo?


Mas a despeito dos pecados serem distintos entre si, todos eles refletem a mesma essência maligna da alienação de Deus. Isso significa que, por mais insignificante que determinado pecado possa parecer, ele é suficientemente ofensivo para excluir o pecador do reino de Deus.


Fonte: Sinais dos Tempos, março/abril de 2000. p. 21 (usado com permissão)


.

sábado, 24 de maio de 2008

Alma e Ressureição - Imortalidade da Alma


Se os mortos permanecem em estado de inconsciência, como explicar que a ‘alma’ de Raquel saiu dela por ocasião de sua morte? (Gn 35:18) Por Alberto R. Timm

A palavra “alma”, empregada em Gênesis 35:18 por algumas versões da Bíblia (João Ferreira de Almeida, Bíblia de Jerusalém, Lutero [original], Reina-Valera, King James Version, Revised Standard Version, New American Standard Bible), é a tradução do termo hebraico nêfesh. Este termo aparece 755 vezes no Antigo Testamento e foi traduzido em outros textos, pela Versão Almeida Revista e Atualizada (2.ª edição), por exemplo, como “pessoa” (Gn 14:21; Nm 5:6; etc.), “ser” (Gn 1:20; 2:19; 9:10; etc.), “alma” (Gn 2:7; Dt 10:22; etc.) e “vida” (Gn 9:4 e 5; 1Sm 19:5; Sl 31:13; etc.).

Existem várias razões que nos levam a crer que o termo nêfesh seria melhor traduzido em Gênesis 35:18 como “vida” do que como “alma”. Em primeiro lugar, o próprio relato bíblico da Criação esclarece que o ser humano não possui uma alma, mas é uma “alma [nêfesh] vivente” (Gn 2:7). O mesmo termo (nêfesh) usado em Gênesis 2:7 para referir-se à totalidade do ser humano é empregado também para designar tanto os “seres [nêfesh] viventes” que povoam as águas (Gn 1:20) como os animais da terra e as aves do céu (Gn 2:19; 9:10). A despeito de assumir, por vezes, significados mais específicos (Dt 23:24; Pv 23:2; Ec 6:7; etc.), nêfesh jamais é usado para designar qualquer entidade que continue consciente depois de separada do corpo. Pelo contrário, as Escrituras declaram explicitamente que a nêfesh pode morrer (Nm 31:19; Jz 16:30), e que “a alma [nêfesh] que pecar, essa morrerá” (Ez 18:4).

Comentando o texto de Gênesis 35:18, Derek Kidner declara que “no Antigo Testamento a alma não é concebida como entidade separada do corpo, com existência própria (como no pensamento grego), mas, antes, como a vida, que aqui se esvai” (Gênesis: Introdução e Comentário, São Paulo: Vida Nova e Mundo Cristão, 1979, p. 163). Oscar Cullmann assegura que também no Novo Testamento a esperança de vida eterna não se fundamenta na teoria grega da imortalidade da alma, mas na doutrina bíblica da ressurreição dos mortos (Immortality of the Soul or Resurrection of the Dead? Londres: Epworth, 1958).
Procurando preservar o sentido original do texto bíblico, algumas traduções da Bíblia têm vertido o termo nêfesh, em Gênesis 35:18, por exemplo, como “suspiro” (Bíblia na Linguagem de Hoje, Tradução Ecumênica, New English Bible, Living Bible, New International Version) e “vida” (Moffatt, Lutero [revisada de 1984]). A Tradução Ecumênica (Loyola) verte a parte inicial de Gênesis 35:18 como: “no seu último suspiro, no momento de morrer, ela...”. E a Bíblia na Linguagem de Hoje diz: “Porém, ela estava morrendo. E, antes de dar o último suspiro...”. Desta forma, o texto pode ser perfeitamente harmonizado com outras passagens bíblicas que falam que os mortos permanecem em estado de completa inconsciência (ver Sl 115:17; 146:4; Ec 3:9, 20; 9:5, 6 e 10; etc.).

sexta-feira, 23 de maio de 2008

2º Trimestre 2008 - Maravilhos Jesus - A intensidade de Sua caminhada



Verso para Memorizar: "Aquele que diz que permanece nEle, esse deve também andar assim como Ele andou" (1Jo 2:6).

Leituras da semana: Mt 4:4; Lc 2:40; 6:12; Jo 4:34; Jo 17; 1Jo 2:6

Admiramos Jesus depois do fato; mas temos alguma idéia do que significava para Ele ser difamado e demonizado pelos mais elevados poderes civis e eclesiásticos de Seus dias?
No fim, vemos Jesus maltratado pelos soldados romanos: "Vestiram-nO de púrpura e, tecendo uma coroa de espinhos, Lha puseram na cabeça. E O saudavam, dizendo: Salve, rei dos judeus! Davam-Lhe na cabeça com um caniço, cuspiam nEle e, pondo-se de joelhos, O adoravam. ... Então, conduziram Jesus para fora, com o fim de O crucificarem" (Mc 15:17-20).

O que prepara uma pessoa para suportar tanto abuso físico e psicológico sem falhar? Como uma pessoa pode permanecer firme e tranqüila quando o mundo inteiro se volta contra ela – sem sequer um fragmento de apoio humano à vista? Para Jesus, a resposta está em Sua comunhão com Deus, na intensidade de Sua experiência com Ele – o assunto da lição desta semana.
Ver toda lição clique [aqui]
.

quinta-feira, 22 de maio de 2008

Apostilas para Jornadas Espirituais


imagen

Esta apostila fala da obra prática do Espírito Santo e como sua vida pode ser transformada ao conhecê-Lo melhor.


Para baixar clique sobre a imagem ou [aqui]



imagen

Num mundo de tantas verdades e mentiras como saber a origem e o destino de todas as coisas? Aqui você encontrará todas as respostas.


Para baixar clique sobre a imagem ou [aqui]

quarta-feira, 21 de maio de 2008

A vida após a morte

Stephen Kanitz escreveu em sua apreciada coluna na revista Veja desta semana: "Muitos cientistas, talvez a maioria, não acreditam em Deus, muito menos na vida após a morte. Os argumentos não são fáceis de contestar. Um professor de matemática me perguntou o que existia de mágico no número 2. 'Por que você não acredita que teremos três ou quatro vidas, cada uma num estágio superior?' O que faria sentido, disse ele, seriam os números zero, 1 e infinito. Zero vida seria a morte; uma vida, aquela que temos; e infinitas vidas, justamente a visão hinduísta e espírita.


"Outro dia, um amigo biólogo me perguntou se eu gostaria de conviver bilhões de anos ao lado dos ectoplasmas de macaco, camundongo, besouro e formiga, trilhões de trilhões de vidas após a morte. 'Você vai passar a eternidade perguntando: É você, mamãe?, até finalmente encontrá-la.' Não somos biologicamente tão superiores aos animais como imaginávamos 2.000 anos atrás. 'É uma arrogância humana', continuou meu amigo biólogo, 'achar que só nós merecemos uma segunda vida.'


"O cientista Carl Sagan adverte, como muitos outros, que vida só se tem uma e que devemos aproveitar ao máximo a que temos. 'Carpe diem', ensinava o ator Robin Williams, 'curtam o sexo e o rock and roll.' Sociólogos e cientistas políticos vão argumentar que o céu é um engenhoso truque das classes religiosas para manter as massas 'bem-comportadas e responsáveis'.


"Aonde eu quero chegar é que, dependendo de sua resposta a essa questão, seu comportamento em terra será criticamente diferente. Resolver essa dúvida religiosa logo no início da vida adulta é mais importante do que se imagina. Obviamente, essa questão tem inúmeros ângulos e dimensões mais completas do que este curto ponto de vista, mas existe uma dimensão que poucos discutem, o que me preocupa. Eu, pessoalmente, acredito na vida após a morte. Acredito que existem até provas científicas compatíveis com as escrituras religiosas. A genética mostra que você continuará vivo, depois de sua morte, no DNA de seus filhos. Seu DNA poderá ser eterno, ele continuará 'vivo' em nossa progênie, nos netos e bisnetos. 'Nossa' vida continua; geração após geração, teremos infinitas vidas, como pregam os espíritas e os hindus. ..."


Nota: Concordo com Kanitz em dois pontos: (1) aquilo que pensamos sobre o destino último do ser humano acaba determinando em grande medida a maneira como vivemos o agora (na verdade, a forma de encararmos a origem da vida também tem esse papel determinante); e (2) vamos "viver", de certa forma, por meio dos nossos filhos, afinal, mais do que um legado genético, deixamos impressa no caráter deles a nossa marca. Por outro lado, discordo de Kanitz e acredito que ele esteja sendo minimalista quando reduz a vida após a morte a uma questão puramente genética. Prefiro pensar como C. S. Lewis, que escreveu: "Se descobrimos um desejo dentro de nós que nada neste mundo consegue satisfazer, talvez devêssemos começar a questionar se talvez nós tenhamos sido criados para outro mundo." O ser humano tem o desejo inato de transcender, por isso não se conforma com a morte e, mesmo que tente racionalizá-la, como faz Kanitz, no fundo não aceita a possibilidade de não mais existir. Não mais aprender. Não mais sentir. Segundo a Bíblia Sagrada, a vida após a morte é tão certa quanto a vida deste lado da eternidade. Saiba mais sobre isso clicando aqui.[MB]

Fonte: Criacionismo.com.br

terça-feira, 20 de maio de 2008

Israel discute lei para mudar o sábado para o domingo

Notícia do jornal israelense Israel National News. Ocorre um debate no partido NRP, liderado por Zevulon Orlev, que Israel divulgou uma pesquisa feita entre a população quanto a sua proposta sobre a mudança do sábado para o domingo, nesse país. Houve 56% de apoio da população ao projeto de mudança, com apenas 30% de objeção. Por ele o domingo se torna o dia de descanso, embora o sábado ainda permaneça. Os meios de transporte e de divertimento funcionam, então, no sábado, não mais no domingo. É uma lei que dá início a uma transferência da solenidade do sábado para o domingo, e da secularidade do domingo para o sábado.


O sábado é o dia de descanso nesse país. As repartições públicas ainda continuarão fechadas no sábado, mas o transporte, e as diversões passam a abrir. A idéia é dar às famílias mais tempo para passarem juntas, sábado e domingo. O tempo de trabalho seria compensado pelo aumento das horas de segunda a sexta-feira.

Este é o projeto do vaticano para o mundo todo. Propõe salvar o planeta das graves tendências de colapso pela santificação do domingo. Israel está tomando a frente, certamente, um pouco antes dos EUA estabelecer. O que ocorre ali não é esse decreto, mas uma lei anterior, já esperada profeticamente. Ela, no entanto, abre o debate legislativo para leis em favor do domingo no mundo todo. Essas leis tornarão o sábado cada vez mais difícil de ser santificado, conforme o mandamento de DEUS.

Confira a notícia original em: http://www.israelnationalnews.com/News/News.aspx/122554

2008-05-19

Fonte - Cristo Voltará

Nota DDP:
Leia mais em "Lei Dominical em Israel?", "Ley Dominical en... ¡ISRAEL!", "Desafio ao fim de semana islâmico" e "Parlamentario Orlev propone ley para día de no trabajo los Domingos". Alguma dúvida que vivemos os últimos dias desta terra?

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Cânticos Vocal - Jerusalém

O Milênio



Estudo em Vídeo sobre Eventos Finais.
Continuando o estudo sobre Eventos Finais, veja o quinto episódio clicando sobre a imagem acima.

Força na fraqueza

Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias, por amor de Cristo. Porque, quando sou fraco, então, é que sou forte. II Cor. 12:10.

Dave Dravecky confiava sua vida a Deus a cada manhã. Ele era jogador de beisebol e lançador da equipe Giants, em São Francisco, Califórnia. Quando um câncer foi descoberto em seu braço, ele simplesmente colocou-se nas mãos de Deus, e um milagre aconteceu. Embora uma cirurgia tivesse removido o músculo utilizado para lançar a bola, contrariando todas as previsões, Dave voltou a jogar. Milhares de torcedores o aplaudiram muito no dia em que ele reapareceu, vencendo uma partida. Porém, uma semana depois, durante um jogo em Montreal, ele quebrou o braço e caiu diante da multidão horrorizada.


Enquanto era retirado de campo, Dave reafirmava sua fé em Deus, e a manteve durante longos meses de incerteza. Dessa vez, os médicos tiveram que amputar seu braço. Mas ele nunca demonstrou o menor sentimento de amargura. Jornalistas de todo o país exaltavam a fé desse bom cristão. Acredito que foi preciso mais fé para Dave aceitar a situação de deficiência, do que para pedir o milagre da cura. Com a aceitação da vontade divina por parte de Dave, Deus exibiu um milagre maior do que a cura física.


Paulo também tinha um mal físico incurável. Por três vezes, pediu que Deus o curasse. A resposta de Deus foi direta: "A Minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza." A resposta de Paulo foi notável: "De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas… Sinto prazer… nas angústias, por amor de Cristo. Porque, quando sou fraco, então, é que sou forte." II Cor. 12:9 e 10.


Podemos nos tornar mais fortes espiritualmente quando chegamos a nosso ponto mais fraco. É que Deus está perto, e, pela fé, estendemos nossa mão e seguramos Sua mão, certos de que Ele não nos soltará.


Meditações Diárias.

domingo, 18 de maio de 2008

Parábolas de Jesus: a ovelha e a moeda perdidas

O pensamento central dessas duas parábolas (Lucas 15:1-10) demonstra que a salvação não é resultado de buscarmos a Deus, mas conseqüência de uma iniciativa dEle. Cristo conta como resgata o pecador.

Lucas 1:1: "Aproximavam-se de Jesus todos os publicanos [cobradores de impostos] e pecadores para O ouvir."

Para os fariseus, pecador era qualquer pessoa que não vivia de acordo com os pensamentos e princípios deles.

Lucas 1:2: "E murmuravam os fariseus e os escribas, dizendo: Este recebe pecadores e come com eles."

A compreensão dos costumes e do pensamento orientais ajuda a entender o sentido da parábola. As expressões “recebe” ou “se mistura com” implicam que possivelmente Jesus era o convidado especial. Tomar uma refeição junto com alguém significava aceitar aquela pessoa (At 11:3; 1Co 5:11), por isso os escribas e fariseus encaravam Jesus como pouco religioso.

Por essa acusação insinuaram que Jesus gostava de andar com pecadores. Os rabinos ficaram desapontados com Jesus. O que eles não sabiam é que a explicação estava justamente nas palavras que pronunciaram como acusação: “Este recebe pecadores.” As pessoas que iam ter com Jesus sentiam que nEle poderiam encontrar solução para o pecado, enquanto dos fariseus só recebiam condenação. Justamente em razão dos seus pecados é que se tornavam alvo da compaixão de Cristo.

Lucas 1:3: "Então, lhes propôs Jesus esta parábola:"

A OVELHA PERDIDA

Lucas 1:4: "Qual, dentre vós, é o homem que, possuindo cem ovelhas e perdendo uma delas, não deixa no deserto as noventa e nove e vai em busca da que se perdeu, até encontrá-la?

Lucas 1:5: "Achando-a, põe-na sobre os ombros, cheio de júbilo."

Lucas 1:6: "E, indo para casa, reúne os amigos e vizinhos, dizendo-lhes: Alegrai-vos comigo, porque já achei a minha ovelha perdida."

Lucas 1:7: "Digo-vos que, assim, haverá maior júbilo no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento."

Entre a multidão que rodeava Jesus, havia pastores e também homens que investiam dinheiro em rebanhos e gado; por isso, todos podiam compreender claramente essa ilustração.

Essas pessoas que vocês desprezam, dizia Jesus, são propriedade de Deus e aos olhos dEle têm grande valor, assim como as ovelhas são valiosas para o pastor. Os homens podem negar a existência de Deus; podem fugir dEle; podem escolher outro mestre; contudo, pertencem a Deus e Ele jamais desiste de recuperar Sua propriedade.

O valor de alguma coisa para nós é proporcional ao amor que sentimos por ela. Assim, o valor intrínseco da ovelha não era a maior questão, mas sim o valor sentimental atribuído a ela pelo seu proprietário – o pastor. O que Jesus estava dizendo é que, em função do valor atribuído à perdida, qualquer um dos ouvintes deixaria as noventa e nove para buscar a extraviada. O amor de Deus por nós é que estabelece o nosso valor acima de qualquer avaliação humana.

Embora tenha consciência de que acabou se perdendo do rebanho, a ovelha desgarrada precisa ser procurada pelo pastor, pois, sozinha, não pode encontrar o caminho de volta. O mesmo se dá com a pessoa que se afastou de Deus; está tão desamparada quanto a ovelha perdida, e se o amor divino não fosse procurá-la, jamais poderia achar o caminho para Deus.

Os judeus ensinavam que era necessário que o pecador se arrependesse, antes de receber o amor de Deus. No entendimento deles, o arrependimento é a obra pela qual os homens ganham o favor do Céu. Foi esse pensamento que induziu os fariseus a exclamarem: “Este recebe pecadores.” Conforme sua suposição, Jesus não devia permitir que pessoa alguma a Ele se achegasse sem que antes tivesse se arrependido. Mas, na parábola da ovelha perdida, Cristo ensina que a salvação não é alcançada por procurarmos a Deus, mas porque Deus nos procura. Deus dá o primeiro passo. “Não há ninguém que entenda; não há ninguém que busque a Deus. Todos se extraviaram” (Rm 3:11, 12). Não nos arrependemos para que Deus nos ame. Ele nos revela Seu amor para que nos arrependamos. O ser humano precisa saber que o amor de Deus é incondicional; não depende de nada que façamos para merecê-lo e não se acaba em razão de tudo o que venhamos a fazer.

Se a ovelha perdida não é trazida de volta, vagueia até perecer. E muitas pessoas permanecem desviadas pela falta de uma mão estendida para ajudá-las. Esses errantes podem aparentar possuir coração endurecido e indiferente, mas se tivessem tido os mesmos privilégios que outros, poderiam ter revelado maior nobreza de caráter. Quando virmos alguém cujas palavras ou atitudes mostram estar separado de Deus, não devemos criticá-lo. Não nos compete a obra de condená-lo, antes devemos colocá-lo sobre os ombros e ajudá-lo.

Quando uma ovelha se perde, geralmente fica paralisada pelo desespero. Não corre, nem mesmo pára em pé. Por isso, quando o pastor a encontra, tem de carregá-la de volta. O mesmo ocorre conosco. O pecado nos deixa sem ação. Mas Cristo nos encontra e nos reconduz ao abrigo. Deus é quem nos põe sobre os ombros e nos carrega de volta.

A ovelha perdida simboliza as pessoas que sabem que estão perdidas e se angustiam. Sabem que precisam de Deus, que precisam de uma solução para seu problema, mas não conhecem o caminho de volta. É interessante a experiência da ovelha. Enquanto o sol brilha, ela não se sente perdida. Pelo contrário, ela até desfruta a liberdade, correndo de um lado para o outro.

Mas quando o sol começa a se esconder; as nuvens negras a chegar e as trevas a envolver a Terra, então, a ovelhinha começa a sentir medo e percebe que está perdida. Agora, sua liberdade não a satisfaz mais. Ela precisa do seu pastor. Sente que está perdida e tenta encontrar o caminho de volta. Experimenta uma trilha e se machuca. Experimenta outra e se fere. Em vão, experimenta de tudo. Do mesmo jeito, alguém pode ter largado Jesus quando o sol estava brilhando em sua vida. E infelizmente, agora, a escuridão começou a chegar e percebe que precisa de Jesus, mas não sabe como achá-Lo, não sabe onde encontrá-Lo, nem conhece o caminho de volta. É a hora de parar de correr desesperado de um lado para outro e dizer: “Senhor Jesus, estou aqui. Estou cansado, não tenho mais forças. Nada deu certo. Por favor, me conduza pelo caminho de volta.”

A promessa dada ao profeta Jeremias é estendida a você. É o caminho que Deus apresenta a todo aquele que O busca. “Porque Eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais. Então Me invocareis, e ireis, e orareis a Mim, e Eu vos ouvirei. E buscar-Me-eis, e Me achareis, quando Me buscardes com todo o vosso coração.”

A MOEDA PERDIDA

Jesus continuou a mostrar aos críticos escribas e fariseus a razão por que Ele comia com os pecadores, ao contar outra parábola parecida com a da ovelha perdida. O dote de casamento da mulher comumente consistia em moedas que ela guardava cuidadosamente como seu maior tesouro, para transmitir às filhas. A perda de uma dessas moedas era considerada séria calamidade e sua recuperação era causa de grande alegria; motivo até de comemoração de toda vizinhança. As mulheres geralmente colocavam tais moedas em uma faixa que usavam na testa para que todos pudessem ver. Essa moeda grega, a dracma, não tinha praticamente valor monetário, só valor sentimental, pois ela simbolizava a aliança havida entre os noivos.

No oriente, as casas pobres consistiam normalmente em um único quarto, sem janelas e escuro. Tinha piso de terra batida ou pedra, recoberto com palha para aliviar a poeira, o frio e a umidade. O quarto raramente era varrido e uma moeda que caísse ali era facilmente encoberta pelo pó e lixo. Para encontrá-la, mesmo durante o dia, era preciso acender uma candeia [lamparina] e varrer a casa. Mas o valor sentimental da moeda compensava qualquer esforço.

Lucas 1:8: "Ou qual é a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma, não acende a candeia, varre a casa e a procura diligentemente até encontrá-la?"

Lucas 1:9: "E, tendo-a achado, reúne as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque achei a dracma que eu tinha perdido."

Lucas 1:10: "Eu vos afirmo que, de igual modo, há júbilo diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende."

A moeda é um objeto de metal, sem sentimento, sem razão, sem noção das coisas. Uma moeda perdida, ao contrário da ovelha, não sabe e nem sente que está perdida e, por isso, não acha que precisa de salvação. Ela não tem consciência da sua situação. Quando a moeda se perde, ela também perde o seu valor. Ela só brilha quando está nas mãos de seu dono. Jogada no chão, a moeda não tem valor. Ela perde o sentido de existir. Pode até brilhar por um tempo, até que a ferrugem tome conta dela e finalmente acabe enterrada e esquecida.

A moeda perdida simboliza as pessoas que hoje estão perdidas, mas não têm consciência da sua situação. Para elas, aparentemente, tudo está em ordem. Mas na verdade está tudo errado. Elas se recusam a aceitar que estão perdidas e insistem em dizer que está tudo bem. Carregam um vazio que dói; que perturba; que incomoda e que não as deixa ser felizes. A moeda perdida representa todos os homens e mulheres que não aceitam nem reconhecem que estão perdidos.

Essas pessoas pensam que o que dá significado à sua vida é o brilho que elas têm. Concentram sua atenção nos seus talentos, na sua capacidade. Podem ser grandes artistas, grandes profissionais, homens que brilham, mas não têm paz. Não querem reconhecer que precisam de Deus.

Nesta parábola, Cristo ensina que mesmo os que são indiferentes aos apelos de Deus não deixam de ser objeto do Seu amor incondicional. Continuam sendo procurados para salvação.

A expressão “acender a candeia” define claramente o dever dos cristãos para com os que necessitam de auxílio devido ao distanciamento de Deus. Os errantes não devem ser deixados em trevas e no erro, mas cumpre empregar todos os meios possíveis para trazê-los novamente para a luz. Acende-se a vela; e examina-se a Palavra de Deus em busca dos claros pontos da verdade, para que os cristãos fiquem por tal modo fortalecidos com argumentos da Sagrada Escritura, com suas reprovações, ameaças e animações, que os desviados sejam alcançados.

A ovelha afastou-se; vagava no deserto ou nas montanhas. A moeda foi perdida em casa. Alguns se encontram perdidos longe de nossos olhos; é preciso ir buscá-los. Outros, porém, estão bem perto, fazem parte da família.

A mulher da parábola busca incessantemente a moeda perdida. Acende a lamparina e varre a casa. Remove tudo que possa impedir sua procura. Embora uma única moeda esteja perdida, não cessam seus esforços até encontrá-la. Semelhantemente, na família e no círculo de amigos, se alguém estiver distante de Deus, deve ser empregado todo meio possível para recuperá-lo.

No círculo familiar há muitas vezes grande indiferença quanto à condição espiritual de seus membros. Pode haver um dentre eles que esteja separado de Deus; mas há pouca observação nesse sentido. Se na família um filho não estiver consciente de sua condição pecaminosa, os pais não devem descansar. Acenda-se a candeia! Examinai a Palavra de Deus e à sua luz procurai diligentemente tudo que houver na casa, para ver por que esse filho está perdido. Examinem os pais o próprio coração e esquadrinhem seus hábitos e costumes. Os filhos são a herança do Senhor e Lhe somos responsáveis pela administração de Sua propriedade.

Há muitos que desejam trabalhar em qualquer missão estrangeira; são ativos no serviço cristão fora da família, enquanto para seus próprios parentes de sangue não revelam Cristo e o Seu amor. A mulher que perdeu a moeda procurou-a até achá-la. Trabalhem igualmente a favor da família com amor, fé e oração.

Embora esteja sob pó e lixo, a moeda ainda é de prata. A dona se esforça em procurá-la porque lhe é de grande valor sentimental. Assim todo ser humano, embora degradado pelo pecado, é precioso aos olhos de Deus. Como a moeda traz a imagem e a inscrição do poder reinante, igualmente, quando foi criado, o homem trazia a imagem e a inscrição de Deus. E conquanto agora manchada e desfigurada pela influência do pecado, permanecem em toda alma os traços dessa inscrição.

A ovelha perdida sabe que está perdida e que não pode salvar-se por si mesma. Representa os que reconhecem encontrar-se separados de Deus. A moeda perdida representa os que estão perdidos em delitos e pecados, mas não estão conscientes de sua condição. Estão separados de Deus, mas não sabem. A benção da vida eterna corre perigo.

Deus nos promete o perdão a qualquer momento. A Bíblia diz em 1 João 1:9: “Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” E perdoados em Cristo Jesus, recebemos do Criador um novo coração para que possamos viver em novidade de vida. Ezequiel 36:26 firma: “Também vos darei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne.”

(Através de parábolas, Jesus Cristo ensinou lições para toda a vida. Esta nova série "Parábolas de Jesus" tem como objetivo apresentar de forma prática e simples como esses ensinos podem nos ajudar nos dias atuais. Os textos são da jornalista Graciela Érika Rodrigues, inspirados nas palestras do advogado Mauro Braga.)

sábado, 17 de maio de 2008

Livros para download


Você deve começar com essa apostila, pois fortalecerá a sua amizade com Deus e sua união e dependência dEle.

Clique [aqui] para baixar






Nestes 31 dias você conhecerá a maravilhosa vida e a fantástica pessoa de Jesus Cristo.


Clique [aqui] para baixar



Fonte: Advir

quinta-feira, 15 de maio de 2008

O retorno do Rei




Estudo em Vídeo sobre Eventos Finais.
Continuando o estudo sobre Eventos Finais, veja o quarto episódio clicando sobre a imagem acima.

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Luz menor



Veja um testemunho de Cid Moreira de quanto é bom presentear alguém com um livro religioso. Uma luz menor guia para a luz maior, a Bíblia.

terça-feira, 13 de maio de 2008

Espelho


Tornai-vos, pois, praticantes da Palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos. Porque, se alguém é ouvinte da Palavra e não praticante, assemelha-se ao homem que contempla, num espelho, o seu rosto natural; pois a si mesmo se contempla, e se retira, e para logo se esquece de como era a sua aparência. Tiago 1:22-24.

Arthur Bietz fala de uma princesa africana cujos súditos enalteciam sua beleza e graça. Contudo, sua auto-estima foi aniquilada no dia em que um comerciante que ali passava lhe vendeu um espelho. Horrorizada com o reflexo da sua própria feiúra, ela o despedaçou.

Assim como um espelho, a lei de Deus revela exatamente quem somos. É possível que, ao nos contemplarmos nela, fiquemos também horrorizados com o que virmos. Porém, destruir ou ignorar a lei não vai mudar nossa condição. As imperfeições continuarão no mesmo lugar.


Uma olhada superficial na lei de Deus pode nos dar um sentimento de condescendência e, em nossa presunção, podemos imaginar que estamos muito bem. Mas Jesus revela que a obediência à lei vai além da superfície da letra; tem que ver com o coração. Aqui estão alguns exemplos dados por Ele.


Transgredir o sexto mandamento: "Não matarás" (Êxo. 20:13), vai muito além do ato físico de matar. A raiva descontrolada, o ressentimento e a amargura são uma violação do mandamento.
Transgredir o sétimo mandamento é muito mais do que o ato físico do adultério. O olhar lascivo precede esse ato. Os que permitem à mente inundar-se com imagens de atos sexuais, nudez, pornografia ou lascívia – em sua realidade ou em fantasia, por meio de vídeos, filmes, ou programas de televisão – estão violando o sétimo mandamento.


Diante da lei, todos somos pecadores. Nossa única esperança é a graça de Deus. Nosso orgulho, fruto de justiça própria, e nossa presunçosa complacência nunca poderão salvar-nos. Somente a graça de Deus pode nos redimir. Sem ela, estamos perdidos. Agora mesmo, celebremos essa graça, e, através dela, obedeçamos à Sua lei.Meditações Diárias.


Meditações Diárias.

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Natureza anuncia a volta de Cristo II

CHONGQING (Reuters) - O terremoto mais devastador das últimas três décadas na China matou quase 10.000 pessoas na segunda-feira na província de Sichuan e destruiu quase 80 por cento das edificações em um condado, segundo estimativas preliminares.

O tremor de magnitude 7,8 derrubou pelo menos oito escolas em pleno horário das aulas. Indústrias químicas e pelo menos um hospital também foram destruídos, segundo a imprensa estatal.

As equipes de resgate ainda não conseguiram chegar ao epicentro do tremor, Wenchuan, um condado com 112 mil habitantes a cerca de cem quilômetros de Chengdu, capital de Sichuan, segundo a agência estatal de notícias Xinhua. O número de mortos ainda deve crescer significativamente.

Mais de 7.000 mortos estavam no Condado Autônomo de Beichuan Qiang, que pertence a Sichuan. Ali, a imprensa estatal estima que 80 por cento das edificações foram destruídas.

"Estamos fazendo o que podemos, mas as estradas estão cobertas por pedras e rochedos", disse Li Chongxi, vice-presidente do Partido Comunista local.

A maior parte dos telefones de Wenchuan estão desligados. Um site de uma instância administrativa regional disse que o terremoto interrompeu várias estradas e afetou gravemente as telecomunicações em 11 condados.

Beichuan, que é parte da cidade de Mianyang, a cerca de 160 quilômetros de Chengdu, tem cerca de 161 mil habitantes, o que significa que aproximadamente 10 por cento foram feridos ou mortos.

Cerca de 900 adolescentes foram soterrados numa escola de três andares em Dujiangyan, que também fica na província de Sichuan. A população ainda conseguiu ajudar dezenas de alunos a saírem, e guindastes estão escavando o local sob o olhar preocupado dos pais, disse a Xinhua, que descreveu cenas de choro e sofrimento entre os soterrados. Na mesma cidade, há também centenas de soterrados sob os escombros de um hospital.

SENTIDO NA TAILÂNDIA

Na cidade de Shifang, 6.000 pessoas tiveram de ser retiradas de suas casas devido ao vazamento de cerca de 80 toneladas de amônia em uma fábrica.

Soldados e bombeiros estão levando cães farejadores, equipamentos para a detecção de pessoas vivas e explosivos para abrir caminho nas estradas, segundo a TV estatal.

Deslizamentos interromperam também três importantes ferrovias que dão acesso a Chengdu, retendo 31 trens de passageiros e 149 cargueiros, mas sem fazer vítimas, de acordo com a Xinhua.

A Administração Nacional do Turismo determinou a suspensão das viagens na área.

A planície de Sichuan é uma das áreas mais férteis da China, mas depende de um sistema de irrigação ligado a obras de drenagem feitas há 2.000 anos em Dujiangyan. Por conta disso, o terremoto pode agravar a inflação na China, que já atinge a maior taxa nos últimos 12 anos.

Sentido até na Tailândia, este foi o pior terremoto na China desde o de Tangshan (nordeste), que fez até 300 mil mortos em 1976.

O Serviço Geológico dos EUA disse em seu site (http://earthquake.usgs.gov) que o tremor principal ocorreu às 3h28 (hora de Brasília), a uma profundidade de dez quilômetros.

Na noite de segunda-feira, milhares de pessoas vagavam pela praça principal de Chengdu, onde houve pelo menos 45 mortos e 600 feridos, segundo a TV.

Em Pequim e Xangai, o terremoto fez com que funcionários fugissem de seus escritórios, mas não foram relatados danos. O primeiro-ministro Wen Jiabao fez uma viagem de emergência a Chengdu.

De acordo com dados oficiais transmitidos pela Xinhua, houve também 61 mortos em Shaanxi, 48 em Gansu, 50 em Tonquim e 1 em Yunan.

O presidente dos EUA, George W. Bush, enviou condolências às vítimas e ofereceu ajuda norte-americana. Japão, França e Alemanha também ofereceram ajuda.

(Reportagem adicional dos escritórios de Pequim e Xangai)
Fonte: Yahoo notícias

Nota:
"E, estando assentado no monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos, em particular, dizendo: Dize-nos quando serão essas coisas e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo? E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane, porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos. E ouvireis de guerras e rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos em vários lugares. Mas todas essas coisas são o princípio das dores" (Mateus 24 3-8).

"Saiba disto: nos ÚLTIMOS DIAS sobrevirão TEMPOS TERRÍVEIS. Os homens serão egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem, traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando o seu poder... Contudo, OS PERVERSOS E IMPOSTORES IRÃO DE MAL A PIOR, ENGANANDO E SENDO ENGANADOS". II Timóteo 3:1-5, 13

Note que em Mateus 24 encontramos: "todas essas coisas são o princípio das dores". Jesus nos chamou à atenção para não ficarmos apavorados por isso, pois o mundo não irá acabar com terremoto, guerras, asteroides nem por outro meio, mas a resposta vem a seguir: "E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo como testemunho a todas as nações, e então virá o fim". Mateus 24:14.

Como sabemos, o mundo sofreu uma grande mudança na comunicação, temos a televisão, rádio, Internet, satélites dentre vários outros sistemas. Somente a igreja Adventista está presente em mais de 200 paises, somente a rádio adventista mundial prega para mais de 4 bilhões de pessoas, mais do que a metade da população da Terra. Agora vamos pensar, em Mateus 24:14 encontramos que o fim virá com a pregação em todo mundo. Estamos muito perto da volta de Cristo. Você está preparado para volta de Cristo? Você quer estar em pé diante de Sua presença?

.

María, "Madre" del Ecumenismo

Como vimos hace dos artículos, el ecumenismo fue el motor principal de la visita de Benedicto XVI a Estados Unidos. Muchos piensan que los motivos son otros, políticos (que también lo son) y de búsqueda de Paz en el mundo (que no lo tengo tan claro).Esta semana, en concreto ayer miércoles 7 de Mayo, Benedicto XVI recibió a Karekin II "patriarca supremo y catholicos de todos los armenios", según Zenit.org. El motivo de la visita fue renovar el pacto ecuménico realizado con su antecesor Karekin I en 1996 con Juan Pablo II al poder."Como gesto de este acercamiento, recientemente se colocó en un nicho exterior de la Basílica de San Pedro una bella estatua de san Gregorio el Iluminador, fundador de la Iglesia Armenia" (otro "santo" en la colección).Esta pincelada dibuja los últimos movimientos ecuménicos, y que siguen adelante sin parar. Lo que más me sorprende es ver a protestantes y evangélicos ansiosos por andar el camino ecuménico, y no ver muestra alguna de cuestionamiento sobre las bases del mismo, o al menos alguna reflexión al respecto.En Zenit.org ha salido a la luz otro artículo acerca de la importancia de la Virgen María en el Ecumenismo, y no quiero dejar sin mencionar este hecho.
Es un artículo de la teóloga alemana utta Burggraf, especialista en Teología de la creación, Teología ecuménica y Teología feminista, profesora de Teología Dogmática en la Universidad de Navarra.A la pregunta "¿Puede María impulsar el ecumenismo?" ella responde:–Burggraf: Certamente. Não podemos esquecer que o verdadeiro protagonista do movimento ecumênico é o Espírito Santo. Portanto, é aconselhável que uma pessoa que quer trabalhar a sério pela unidade dos cristãos tome Maria como mestra e companheira no caminho: sua docilidade ao Espírito pode ser considerada como o núcleo íntimo de uma autêntica atitude ecumênica.A veneração a nossa Mãe se fundamenta na Sagrada Escritura. Maria canta no Magnificat: «Desde agora, todas as gerações me chamarão bem-aventurada». Estas palavras são uma profecia e, por sua vez, uma missão para a Igreja de todos os tempos.Os cristãos não inventaram nada novo quando começaram a louvar Maria. Ao contrário, descuidariam do que lhes foi confiado se não o fizessem.
Eles se afastariam da palavra bíblica, e não glorificariam a Deus como Ele quer ser glorificado.Estoy de acuerdo en que María fue ejemplo para muchos de nosotros, en docilidad, en aceptar la voluntad de Dios, y sobre todo, en ejemplo como madre y educadora. Lo que hay que comentar es la"veneración", dado que no tiene base bíblica, a pesar del Magníficat, como indica la teología católica. Efectivamente, Bienaventurada seguimos llamando a María, dado que no cualquier mujer pudo ser la Madre del Salvador del mundo. Tuvo que ser realmente alguien muy especial como para que el Padre confiara la vida del Hijo en los primeros años de su vida. Pero de ahí a la veneración, mucha distancia hay....Si efectivamente, María es la Impulsora del Ecumenismo, y la Iglesia Católica Romana es la que está abierta al Ecumenismo de forma pasiva, es decir, que todos deben "volver" a ella, mucho habría que meditar antes de dar un paso tal. Prefiero "obedecer la Palabra de Dios" para ser "bienaventurado" como Jesús indicó en sendas ocasiones, y venerar únicamente al Dios verdadero como Jesús mismo indicó ante las tentaciones.Fonte - Cuenta Atras
.
Nota DDP:
Chamou-me atenção outra parte da entrevista:
–Qual é a atitude dos protestantes com relação a Maria?...
A Igreja venera em Maria a realização mais perfeita da obediência na fé. Isso é algo que podem aceitar também os cristãos evangélicos e, de fato, muitos o afirmam cada vez mais claramente.
Quem é o foco no Cristianismo?
.

domingo, 11 de maio de 2008

2º Trimestre de 2008 - O Maravilhoso Jesus - O desafio de Suas declarações


Algumas declarações de Jesus apresentam toda uma coleção de valores em contradição radical com o que freqüentemente é considerado normal. Ele diz que devemos oferecer a outra face ao que nos fere; isto é, não devemos resistir ao mal. Evidentemente, quase todos entendem que o mal deve ser resistido, freqüentemente por todos os meios possíveis. E amar os inimigos? Os inimigos não devem ser odiados? São os amigos e familiares que devemos amar, certo? Não, de acordo com Jesus.

Mas nem mesmo essas declarações foram as mais desafiadoras a sair dos lábios de Jesus. Esta lição examina alguns dos pronunciamentos de Jesus que caem na categoria de ditos, visto que não são ensinos no sentido estrito do termo.

Para ler toda lição clique [aqui]

.

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Espiritismo x Maçonaria

Uma breve comparação entre o Espíritismo e a Maçonaria.

O espiritismo kardecista está se tornando cada vez mais popular entre a classe média brasileira. As pessoas entram nessa, como sempre, sem se questionar.
Vamos ver alguns fatos:

- Allan Kardec era maçom e escreveu o Livro dos Espíritos totalmente baseado em livros da maçonaria, e não baseado em "conversas" feitas com espíritos iluminados utilizando mesas girantes.

Leia mais [baixar_arquivo]
Caso tenha dificuldade em baixar clique [aqui] para saber como.

.

A fábula das três árvores

Temos as vezes grandes sonhos, mas quando Deus as vezes demora a responder nossos pedidos, acabamos desistindo e caindo em tristeza, mas Deus trabalha diferente, aquele grande sonho a nossos olhos pode ser pequeno diante de Deus, aí que está a maravilha de um Pai amoroso, Ele pode nos dar um sonho ainda maior que nunca haviamos imaginado.

Clique [aqui] para baixar

Caso tenha dificuldade em baixar clique [aqui] para saber como.

quinta-feira, 8 de maio de 2008

O Interesse Pessoal de Deus


O Senhor fez a Terra pelo Seu poder; estabeleceu o mundo por Sua sabedoria e com a Sua inteligência estendeu os céus. Jer. 10:12.

O pensamento do poder criativo de Deus é incrível. Com toda a nossa tecnologia moderna, com todo o nosso conhecimento de computadores, limites espaciais e neuropsicologia, jamais fomos capazes de criar sequer uma minúscula centelha de vida no laboratório! Mas você já se sentiu tão abismado diante do tremendo poder de Deus que tenha começado a imaginar como é possível que Ele olhe para a Terra e Se preocupe em cuidar dos insignificantes seres humanos espalhados aqui?

A mensagem da Bíblia é que o Deus que criou as incontáveis complexidades do mundo tem interesse pessoal em cada um de nós. Podemos ter um vislumbre da majestade do nosso Criador nos lugares e momentos menos esperados: No esplêndido pôr-do-sol – com sua beleza singular, coroando os últimos momentos de cada dia. Na profusão de flores perfumadas – cada uma pontilhando a paisagem com seus delicados matizes. Nos fragrantes pinheiros e folhas de outono. Nas geadas de inverno e nos picos nevados. Em cada botão que se abre, bem como nas minúsculas sementes. Vemos no mundo inteiro a impressão digital do toque do Mestre.
Diante disso, devemos unir-nos ao louvor de Davi: "Grandes são as obras do Senhor. ... Em Suas obras há glória e majestade." Salmo 111:2 e 3.

Deus não só deu aos homens e mulheres um belo universo onde viver, como cuida de todas as demais necessidades deles. Não lhe traz paz de espírito o fato de saber que Deus está no controle do Seu Universo? E nós fazemos parte desse Universo – na verdade, do ponto de vista da Terra, somos a parte mais importante do Seu Universo. Nenhum problema em nossa vida é pequeno demais para levarmos ao Deus do fantástico átomo e do delicado beija-flor; nenhum problema é grande demais para levarmos ao Deus que sustém incontáveis mundos no espaço e os mantém funcionando "pontualmente"!

Que paz e confiança podemos desfrutar ao saber que nada pode acontecer em nossa vida que seja pequeno demais ou difícil demais para Deus resolver. E porque Ele é Onisciente e continuamente confiável, fará sempre o que é melhor para nós, fundamentado em um amor que é eterno.

Meditações Matinais

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Uma nação sob Deus


O Dr. Ron Wexler, presidente da Comissão dos Dez Mandamentos, sente satisfação em anunciar que a Comissão dos Dez Mandamentos e seus apoiadores foram elogiados por membros do Congresso dos Estados Unidos por organizarem o seu 3º Fim de Semana Anual dos Dez Mandamentos mediante a introdução da Resolução nº 598. O fim de semana de 2 a 4 de maio de 2008 foi denominado o Terceiro Fim de Semana Anual dos Dez Mandamentos pela Comissão dos Dez Mandamentos.

"Não estabelecemos a organização por qualquer outra razão senão para honrar a Palavra de Deus e compartilhar Sua mensagem", declara Ron Wexler, judeu ortodoxo e fundador da Comissão dos Dez Mandamentos. "Apreciamos o reconhecimento da parte de vários congressistas e antecipamos trabalhar com eles no rumo de educar os cidadãos quanto à importância dos Dez Mandamentos para o futuro bem-estar dos Estados Unidos."

A resolução define o seu apoio nos seguintes termos:

(1) Apóia as metas da Comissão dos Dez Mandamentos e reconhece a contribuição vital das dezenas de milhares de líderes espirituais dos Estados Unidos, igrejas, sinagogas, fraternidades, ministérios e organizações que participam do Fim de Semana dos Dez Mandamentos; e

(2) Congratula-se com a Comissão dos Dez Mandamentos e todos os líderes espirituais apoiadores, igrejas, sinagogas, fraternidades, ministérios e organizações por seu papel-chave em promover e assegurar o reconhecimento dos Dez Mandamentos como a pedra fundamental da legislação ocidental.

A Comissão dos Dez Mandamentos é uma coalizão de igrejas, sinagogas, organizações cívicas e comunitárias dedicada a manter a América como Uma Nação Sob Deus. Foi fundada em 2005 pelo Dr. Ron Wexler, judeu ortodoxo nascido em Israel, e pelo Dr. Myles Monroe, do Ministério de Fé Internacional das Bahamas. Sua missão é reparar o dano causado pela decisão da Suprema Corte dos EUA, que marcou época, favorável à remoção da Palavra de Deus da consciência nacional [referindo-se a decisões legais contrariando interesses de grupos religiosos em manter monumentos de inspiração religiosa em lugares públicos].

Nota do blog Minuto Profético: Não há dúvida de que o Decálogo é a melhor norma de conduta humana já criada. Porém, duas questões me preocupam nesse movimento chamado "Dia dos Dez Mandamentos". Primeiro que o verdadeiro sábado (sétimo dia) é deixado de lado e substituído pelo domingo, seguindo a tradição do Puritanismo protestante e a tradição católica. Segundo que, com a aprovação expressa pelo Congresso Americano, esse movimento começa a ganhar ênfase política. E sempre que a religião controla a política os resultados são terríveis... É a profecia bíblica chegando ao seu cumprimento final. Outro detalhe interessante é que o dia escolhido para celebrar o Dia dos Dez Mandamentos nos EUA (1º domingo de maio), na maioria dos casos, é o 18º domingo do ano: um ótimo número ocultista - 6 + 6 + 6!

.

terça-feira, 6 de maio de 2008

A Natureza anuncia a volta de Cristo

Os mortos na passagem do ciclone Nargis por Mianmar no último sábado (3) chegaram a 22,5 mil, informou nesta terça-feira a Junta Militar do país do sudeste asiático, citada pela rede de TV CNN.

Segundo a CNN, ao menos outras 41 mil pessoas estão desaparecidas em decorrência da passagem do ciclone, que atingiu Yangun --cidade de cerca de 5 milhões de habitantes e a maior de Mianmar-- e a região do delta de Irrawaddy, no litoral do país.

De acordo com estimativas da ONU, mais de 1 milhão de pessoas estão desabrigadas.
A agência de notícias Xinhua, que cita autoridades locais, informou que cerca de 10 mil pessoas morreram somente na cidade de Bogalay.


Nyein Chan Naing/Efe


(Foto)Moradores de Yangun após passagem do ciclone; ONU culpa falta de alerta por tragédia






O ministro da Proteção Social, Maung Maung Swe, disse nesta terça-feira que 95% das casas de Bogalay -- que tem cerca de 190 mil habitantes -- foram destruídas pelo ciclone.

O Programa Mundial de Alimentação da ONU (WFP, na sigla em inglês), que prepara o envio de alimentos, disse ter dificuldades para fazer com que os mantimentos cheguem às vítimas.

"Esperamos conseguir enviar mais ajuda nas próximas 48 horas", disse Paul Risley, porta-voz do WFP em Bancoc. "O desafio é chegar até as áreas atingidas, com estradas bloqueadas".

Kyi Minn, do grupo de ajuda humanitária World Vision, disse à CNN que a situação é "caótica".

"Pode ter sido pior que o tsunami", disse Minn, comparando o ciclone aos estragos causados pelo tsunami [onda gigante] que atingiu a região em 2004, matando mais de 150 mil.

Segundo ela, há escassez de água potável, alimentos, remédios e abrigos.


Grande parte das linhas telefônicas foram cortadas em Yangun. Em alguns locais, um galão de gasolina teve seu preço quadriplicado. O preço de vários alimentos também dobrou.


Falta de alerta


Para a ONU (Organização das Nações Unidas), o alto número de mortos foi causado pela falta de um sistema de alarme para retirar a população em caso de emergência.

(Foto) Garota passa por ponto de ônibus que foi atingido por árvore após passagem de ciclone



"Um sistema de alarme antecipado é muito importante, pois um ciclone pode ser previsto com 48 horas de antecedência. Em Mianmar, as autoridades não tinham estabelecido um sistema deste tipo, que salvaria milhares de vidas", disse hoje Brigitte Leoni, porta-voz do escritório das Nações Unidas para a Estratégia Internacional de Redução de Desastres (ISDR).


A porta-voz disse ainda que as autoridades birmanesas tinham em seu poder as informações oferecidas pelos satélites meteorológicos que advertiam sobre a chegada do tufão.

"Isso significa que, por não ter um sistema de comunicação e de alerta rápido, a população não foi avisada do que ocorreria e, por isso, não deixou a região", disse ela.


Laura Bush
Ontem, a primeira-dama americana, Laura Bush, havia prometido aumentar a ajuda humanitária para Mianmar e criticado a Junta Militar do país por não ter alertado a população com antecedência sobre a chegada do ciclone. "O governo de Mianmar deve aceitar esta equipe rapidamente, assim como outras ofertas de ajuda internacional", disse.


"É lamentável que muitos birmaneses tenham sabido do desastre iminente só quando a mídia estrangeira, como a Rádio Ásia Livre e a Voz da América, emitiram um alerta".


"Os Estados Unidos se preparam para enviar uma equipe de assistência e mantimentos de primeira necessidade a Mianmar, assim que o governo birmanês aceitar nossa oferta", afirmou a primeira-dama.


Plebiscito
Também nesta terça-feira, a Junta Militar de Mianmar anunciou que adiará a realização do plebiscito constitucional do próximo sábado (10) nas áreas castigadas pelo ciclone tropical.



(Foto)Moradores passam por árvore derrubada durante passagem de ciclone em Yangun




Um anúncio da TV estatal informou que a consulta popular ocorrerá em 24 de maio em cerca de 50 divisões das regiões de Irrawaddy, Pegu, Yangun e nos Estados de Karen e Mon, onde se mantém o estado de emergência declarado no sábado, após a passagem do ciclone.


Tais regiões abrigam cerca da metade dos 53 milhões de birmaneses. Segundo as autoridades locais, o plebiscito ocorrerá na data prevista no restante do país.


O plebiscito é o primeiro passo do chamado Mapa de Caminho em direção à democracia do país, que será concluído, segundo afirma o regime, com eleições livres em 2010.


Mianmar é governada por militares desde 1962, e não realiza eleições democráticas desde 1990, quando o partido oficial foi esmagado pela coalizão opositora da Nobel da Paz Aung San Suu Kyi, um pleito que não teve seu resultado reconhecido pela Junta Militar.


Nota:



"Aprendei, pois, esta parábola da figueira: quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão. Igualmente, quando virdes todas essas coisas, sabei que ele está próximo, às portas" (Mateus 24:32-33).

"E, estando assentado no monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos, em particular, dizendo: Dize-nos quando serão essas coisas e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo? E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane, porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos. E ouvireis de guerras e rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos em vários lugares. Mas todas essas coisas são o princípio das dores" (Mateus 24 3-8).



A natureza está anunciando a volta de Cristo, enfrentamos o aquecimento global, terremotos, maremotos dentre várias outras catástrofes. Vários falsos Cristos também tem se levantado, temos até um exemplo em nosso país o Inri Cristo, que se intitula ser Jesus Cristo. Não estamos longe, os ramos já estão tenros.




INRI Cristo - Falso Cristo (Brasil)
Desconhecedor da volta do verdadeiro Cristo, pois:

"Dizemo-vos, pois, isto pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que já dormem. Porque o Senhor mesmo descerá do céu com grande brado, à voz do arcanjo, ao som da trombeta de Deus, e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras." (I Tessalonicenses 4:13 a 18).

Cristo em Sua segunda vinda, nem toca o chão, e Ele vem em grande poder e glória com milhares e milhões de anjos.


segunda-feira, 5 de maio de 2008

Restrições ao uso de celulares


O primeiro estudo científico que associou a exposição a campos eletromagnéticos de baixa freqüência, como o provocado por antenas de celulares, e a ocorrência de câncer foi publicado em 1979. Milhares de pesquisas e muita polêmica depois, ainda não há consenso sobre a relação entre as antenas, o uso desses aparelhos e a saúde.

Entretanto, com base no princípio da precaução, pesquisadores de diversas universidades, como a UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e a Unicamp, defendem que a população seja alertada sobre os possíveis riscos e que sejam definidas restrições maiores às ERBs (Estações Rádio-Base) - as antenas de celular. Eles querem, além de antenas mais espaçadas umas das outras e com menor potência, que as pessoas usem o celular o mínimo possível.

"Não está sendo respeitado o direito à informação da população. A meu ver, deveriam ser divulgadas recomendações de falar somente o essencial em telefones móveis -celulares ou telefones sem fio", diz Álvaro Almeida de Salles, da Escola de Engenharia da UFRGS. Ele cita estudos do grupo de Lennart Hardell, do Departamento de Oncologia do Hospital Universitário de Orebo (Suécia). "Há um aumento substancial na incidência de tumores cerebrais entre os usuários mais constantes dos celulares e telefones sem fio, coincidindo com o lado da cabeça em que normalmente eles são usados. Os resultados somente aparecem para períodos iguais ou maiores que dez anos."
Um dos estudos foi publicado neste ano no periódico "International Journal of Oncology". Anos atrás, porém, o Conselho Nacional de Proteção Radiológica do Reino Unido criticou pesquisas de Hardell com conclusão parecida, dizendo que lhes faltava precisão estatística.

Numa ação na Justiça para a retirada de uma antena, a posição de Vitor Baranauskas, da Faculdade de Engenharia Elétrica da Unicamp, é apresentada. Para ele, enquanto os usuários podem desligar o celular se o desejarem, os vizinhos das ERBs, que nem sempre têm aparelhos, "recebem uma dose adicional de radiação no ambiente durante 24 horas do dia, por vários anos, sem benefício".

Não criemos pânico
Para Sérgio Koifman, epidemiologista da Fiocruz (Fundação Osvaldo Cruz), é importante não gerar pânico na população. De acordo com ele, o fumo é um fator de risco para câncer muito mais preocupante. De toda forma, ele concorda que deve ser adotado o princípio da precaução e avalia que o aparelho precisa ser utilizado com moderação. "O celular não é um meio de comunicação para usar de forma contínua."
Koifman ressalta que na Inglaterra, por exemplo, existe a recomendação para as crianças não usarem esse telefone móvel. "O cérebro da criança tem um crescimento muito intenso durante a infância", afirma.

O advogado João Carlos Peres, presidente da Abradecel (Associação Brasileira de Defesa dos Moradores e Usuários Intranqüilos com Equipamentos de Telefonia Celular), afirma que é "lobby da indústria" a versão de que os estudos até hoje são inconclusivos. Ele cita estudos na Alemanha e em Israel, publicados em 2004, que indicam que pessoas que vivem próximas a antenas têm mais risco de desenvolver câncer.

Na semana passada, o Ministério Público do Rio de Janeiro instaurou uma investigação para analisar o impacto do uso de celulares para a saúde dos usuários. O inquérito foi motivado pela divulgação de uma pesquisa em que o médico Vini Khurana, da Faculdade Nacional de Medicina da Austrália, afirma que há oito estudos clínicos que indicam uma ligação entre o uso de celulares e certos tumores no cérebro. O estudo é contestado por uma organização que reúne diversos institutos científicos do país para pesquisar a radiofreqüência.

Legislação diferente
Algumas regiões têm mais restrições para antenas e celulares. Em março, foi aprovada uma diretriz estadual no Rio que prevê que as antenas não podem ser colocadas a uma distância horizontal inferior a 100 m de escolas, 50 m de residências ou 30 m de teatros.

Em São Paulo, uma lei estadual determina que o ponto de emissão de radiação da antena deverá estar, no mínimo, a 30 m de distância da divisa do imóvel onde estiver instalada.

Uma lei municipal de Porto Alegre determina que as empresas que vendem celulares são obrigadas a distribuir, "no ato da venda, material explicativo" com informações sobre a radiação e cuidados a tomar.

A Associação Nacional das Operadoras Celulares questiona na Justiça as normas de Porto Alegre e de São Paulo - o argumento é que Estados e municípios não têm competência para legislar sobre o assunto.

Folha São Paulo

Tamanho da arca de Noé

Fazendo um cálculo com direito a aproximações e, claro, algumas suposições, chegamos à conclusão de que a arca deveria ser 40 metros mais comprida do que a construída por Noé. Como chegamos ao resultado? Primeiro, pesquisamos quantos bichos entrariam na arca. Tirando os peixes (que sobreviveriam ao dilúvio) e os insetos, ficamos com 23.600 espécies (somando aves, mamíferos, répteis e anfíbios), ou seja, 47.200 animais, já que a ordem divina era salvar um casal de cada espécie. Até aí tudo bem, mas como calcular o espaço ocupado por espécie? Como seria impossível medir as milhares de espécies, elegemos um animal médio como padrão: o gato. Se você pensar no elefante ou na girafa, o felino parece pequeno demais, mas, sabendo que o rato é o mamífero que tem mais espécies (das 5 mil espécies de mamíferos, 2.050 são de roedores) e que as aves somam 9.600 espécies, certamente aceitará nosso bichinho-padrão, que ocupa uma área de mais ou menos 0,25 metro quadrado. Multiplicando essa área pela bicharada total, a arca deveria ter 11.800 metros quadrados. Aí corremos à Bíblia para ver como distribuir esses metros quadrados e encontramos a seguinte descrição da arca original: três andares, 135 metros de comprimento e 22,5 metros de largura. Mantivemos a largura, distribuímos a área por três andares e chegamos à medida de 174,8 metros de comprimento - 39,8 metros a mais que a da Bíblia.

(Nota publicada na revista Mundo Estranho)

Nota: Noé bem poderia ter usado o côvado egípcio, o que tornaria as dimensões da arca ainda maiores. E nada impede que ele tenha levado filhotes dos grandes animais, que ocupariam, assim, menos espaço. Além disso, é bom lembrar que muitas criaturas hibernam em certas condições. Podemos supor que muitos deles poderiam permanecer nessa condição durante o ano em que ficaram dentro da arca.[MB]

Fonte: Criacionismo.com.br

domingo, 4 de maio de 2008

Descanse no Senhor

Se sua vida é uma tempestade, lembre-se de que Jesus pode acalmar todas as tempestades de nossas vidas.

Descanse no Senhor.

Clique [aqui] para baixar

Caso tenha dificuldade em baixar clique [aqui] para saber como.



sábado, 3 de maio de 2008

O mundo tem sede

A falta de água potável é o maior problema para o ser humano no século 21

Como se já não bastassem problemas ecológicos como o efeito estufa, a poluição atmosférica e o aumento do buraco na camada de ozônio, o mundo se depara com aquela que pode ser sua maior dor de cabeça: a falta de água.

Juntamente com o aquecimento do planeta, a falta de água tem sido a questão mais preocupante neste início de século, segundo pesquisa organizada pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente realizada por 200 cientistas em 50 países. No Dia Recentemente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou um dado espantoso: mais de 1 bilhão de pessoas não terão acesso à água tratada e 3,4 milhões morrerão anualmente por causa de doenças que poderiam ser facilmente evitadas por cuidados com o saneamento e melhores suprimentos de água. Mesmo com as advertências da Organização das Nações Unidas (ONU), que vêm sendo feitas desde 1992, nada se fez para evitar o agravamento do problema.

Segundo previsões do Programa Ambiental das Nações Unidas (Unep), a não ser que sejam modificadas as atuais práticas de desperdício e degradação dos recursos hídricos, dois terços da população mundial estarão vivendo em condições de escassez de água até 2025. Com um crescimento populacional estimado em 2 bilhões de pessoas nos próximos 25 anos, especialistas e autoridades internacionais alertam para um possível colapso das reservas de água doce da Terra.

Do ponto de vista estatístico, o Brasil está numa situação confortável. Mas essa é uma falsa impressão, já que 80% da água potável do País está na Amazônia, onde vivem apenas 5% da população brasileira.

O Estado mais desenvolvido do País, São Paulo, enfrenta grandes dificuldades. A água existe, mas é pouca para atender aglomerações como a da região metropolitana da capital, com seus 17 milhões de habitantes. “Não há no horizonte nenhuma perspectiva de resolver a curto prazo o problema da disponibilidade de água”, diz Antônio Carlos Mendes Tami, secretário de recursos hídricos do Estado de São Paulo.

** AUMENTO DA FOME

O maior desperdício de água potável no mundo está relacionado com a produção de alimentos. Só no Brasil, 59% da água disponível são gastos em agricultura. Por isso, com a sede, a fome acaba pegando carona. Na estiagem de 1877 no Nordeste, por exemplo, calcula-se que meio milhão de pessoas morreram no sertão cearense. A falta de chuva levou à morte o gado e as plantações.

A urbanização complica ainda mais as coisas, especialmente em países populosos como China e Índia. Para atender à demanda de abastecimento doméstico e industrial, a água que deveria ser usada para a agricultura é redirecionada para as cidades. Sem quantidade suficiente para irrigação, esses países são obrigados a importar alimentos. Segundo especialistas, seria necessário um segundo rio Nilo só para produzir a quantidade de grãos importada pelo países do norte da África e do Oriente Médio em um ano.

Dados da ONU comprovam que em menos de duas décadas dois em cada três habitantes do planeta serão afetados por alguma forma de escassez – passando sede, pobreza crônica ou sendo afetados por doenças contagiosas. De fato, 29 países já têm problemas com a falta de água, e o quadro tende a piorar. “Até duas décadas atrás, problemas sérios com água estavam confinados a alguns bolsões do mundo. Hoje eles existem em todos os continentes e estão se disseminando rapidamente”, disse a uma revista de circulação nacional a estudiosa americana Sandra Postel, dirigente da Global Water Policy Project.

** TEMPOS DIFÍCEIS

Embora não haja uma profecia bíblica que trate especificamente do problema da água, ele é suficientemente importante para afetar todo o cenário mundial atual, apontado pelas Escrituras como “tempos difíceis” (II Tim. 3:1). Segundo a ONU, no último meio século, a disponibilidade de água por pessoa diminuiu 60%. Já a população aumentou 50%. Por outro lado, 60% da população urbana dos países em desenvolvimento não têm acesso às condições básicas de saneamento. E, com o aumento populacional, a situação tende a piorar.

Roberto Kishinami, em artigo publicado no Estado de S. Paulo , disse que “estão previstos conflitos pelo controle da água neste século. No Brasil, o conflito é ainda interno. Não há muito tempo para resolvê-lo, antes que o aquecimento global venha a piorar o quadro”.

Além da sede, fome e doenças são a conseqüência imediata da falta de água e de saneamento adequado. Jesus disse, em Lucas 21:11, que no fim dos dias haveria “terremotos, epidemias e fome em vários lugares”.

Com a entrada do pecado no mundo, o ambiente global, que era perfeitamente equilibrado, passou por transformações. O naturalista Harry Baerg, em seu livro O Mundo Já Foi Melhor (Casa), diz que “após a Queda, as características físicas da Terra devem ter mudado gradualmente. O mundo era regado por uma neblina. As árvores eram altas e eretas, a vegetação abundante, e o calor extremo e o frio rigoroso eram desconhecidos. O clima dos trópicos deve ter sido quente mas não excessivamente. Gradualmente, as condições ideais começaram a sofrer um desequilíbrio”. E o apóstolo Paulo diz que “toda a criação, a um só tempo, geme e suporta angústias até agora” (Rom. 8:22).

Ruben Aguilar, professor de arqueologia bíblica no Unasp, prevê grandes efeitos na natureza, em decorrência da falta de água: alteração no ciclo climático, diminuição da umidade atmosférica e modificação de processos de transformação da superfície da Terra. “Tudo isso intensificará os temores do ser humano deste início de século”, afirma.

Para o professor de teologia histórica Alberto Ronald Timm, “a Bíblia apresenta um íntimo relacionamento entre os seres humanos e a Terra. O pecado afetou a natureza e ela se rebelou contra o homem. Em Deuteronômio 28, lemos que a obediência traria consigo prosperidade. As chuvas e a fertilidade do solo seriam uma retribuição pela dedicação a Deus”. Para ele, o problema da falta de água existe, em primeiro lugar, devido ao mau uso da natureza por parte do ser humano, e faz parte do conjunto de calamidades que ocorrerão nos últimos dias, como prenúncio da volta de Cristo.

** MATANDO A SEDE

A Bíblia reconhece a grande importância da água para a humanidade. Por isso mesmo, no capítulo 4 do evangelho de João, Cristo Se compara à “água viva”, e afirma que “aquele, porém, que beber da água que Eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que Eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna” (verso 14). E no Apocalipse encontra-se o convite aos sedentos espirituais: “Aquele que tem sede venha, e quem quiser receba de graça a água da vida” (Apoc. 22:17).

Aos poucos, os recursos naturais deste mundo vão se esgotando, anunciando uma sombria perspectiva de futuro. É a chegada do tempo do fim, como anunciam as Escrituras. Há, no entanto, um manancial inesgotável, sempre à disposição: o amor e a misericórdia de Deus, o Criador de todas as águas.

Dicas de consumo consciente

• Ao tomar banho, feche a torneira do chuveiro elétrico enquanto se ensaboa. Assim é possível fazer uma economia de cerca de 96 litros de água.

• Uma torneira pingando moderadamente desperdiça por volta de 46 litros de água por dia. Esse desperdício durante um ano seria suficiente para atender todas as necessidades de água de uma pessoa durante mais de 2 meses.

• Lave a calçada de sua casa ou edifício com baldes e não com mangueiras. A utilização de uma mangueira com abertura de meia volta na torneira durante 30 minutos gasta, no mínimo, 560 litros de água. Utilizando-se 5 baldes de 10 litros, apenas 50 litros de água seriam gastos.

• Antes de abrir a torneira da pia da cozinha, jogue fora os restos de alimentos que ficam nos pratos e panelas. Depois, abra a torneira e encha a cuba da pia até a metade. Com essa água, ensaboe a louça, mantendo a torneira fechada. Após ensaboar toda a louça, encha a cuba novamente até a metade e enxágüe toda a louça. Dessa forma, você consome cerca de 20 litros de água por lavagem de louça – 223 litros a menos do que se mantivesse a torneira aberta.

• Deixando a torneira aberta enquanto escova os dentes, você gasta aproximadamente 12 litros de água. Escovando os dentes 3 vezes ao dia, você acaba gastando 36 litros, o que equivale a 1.080 litros por mês.

• Troque a descarga de seu vaso sanitário. Adquira o sistema de Volume de Descarga Reduzido (VDR), que consome 6 litros por descarga. Um vaso sanitário com válvula corretamente regulada, com o tempo de acionamento de 6 segundos, gasta 10 litros de água. Portanto, mesmo a descarga regulada consome 4 litros a mais.

• Ao regar o jardim, use mangueira com esguicho do tipo revólver. Aproveite a água da chuva para lavar as áreas externas.

• Evite vazamentos. Quase 40% da água consumida no Brasil é desperdiçada devido a vazamentos, equipamentos velhos e uso inadequado.

Distribuição da água no planeta

Embora exista muita água no planeta, o maior volume (97,5%) está nos oceanos e é salgada. Apenas 2,5% é doce, mas está concentrada nas regiões polares, na forma de gelo. Resta à humanidade 0,7% da água doce da Terra, armazenada no subsolo, o que dificulta sua utilização. Somente 0,007% está disponível em rios e lagos superficiais. (www.rededasaguas.org.br)

Consumo dos brasileiros

No Brasil cada habitante gasta, em média, 200 litros de água por dia em:

33% Descarga de banheiro
27% Consumo (cozinhar, beber)
25% Higiene (banho, escovar dentes)
12% Lavagem de roupa
3% Outros, como lavagem de carro

Fonte: Michelson Borges, jornalista

sexta-feira, 2 de maio de 2008

Imoralidade Sexual


Homem de 47 anos preso por estuprar mãe de 80 anos


BARCELONA, Espanha (AFP) - Um homem de 47 anos foi preso e colocado à disposição da Justiça, acusado de ter agredido sexualmente sua mãe de 80 anos e vítima do mal de Alzheimer, internada em um asilo há um ano, confirmou à AFP a polícia local.

Segundo relatou o proprietário do centro de acolhimento de idosos em Barcelona, onde está a idosa, Antoni M.G de 47 anos, preso em 23 de abril pelo suposto crime de estupro contra sua mãe, não pode ter cometido esses atos dentro do centro.

O dono do estabelecimento disse ainda que foi o asilo que alertou "rapidamente" a polícia, após comprovar que da última vez que o filho levou a mãe do centro, a idosa havia retornado chorando e em um "estado deplorável", com evidências de ter sido abusada sexualmente.

O preso visitava sua mãe durante as tardes e a levava para casa quando "tinha tempo", explicou o proprietário do asilo.


-------------------

Pai abusa de sua própria filha por 24 anos


A polícia austríaca disse nesta segunda-feira(28/04) que o homem que supostamente manteve a própria filha presa por 24 anos em um porão confessou tê-la aprisionado e, segundo fontes policiais citadas pelas agências de notícias internacionais, também admitiu ser pai de seus sete filhos

Citado pela Associated Press, o oficial da polícia austríaca Franz Polzer disse que o suspeito, Josef Fritzl, 73, também afirmou aos investigadores ter jogado o corpo de uma das sete crianças no incinerador do seu prédio após ela ter morrido logo depois de nascer.

"Ele admitiu ter trancado sua filha, que tinha 18 anos na época, no porão, que fazia sexo repetidamente com ela, e que é pai de suas sete crianças", disse Polzer. "Ele também admitiu ter queimado uma das crianças no incinerador do prédio", afirmou.

A polícia divulgou nesta segunda-feira fotos do local onde Elisabeth Fritzl, desaparecida desde 1984 e que tem hoje 42 anos, ficou aprisionada com três de seus seis filhos. O local não tinha janelas. Um oficial local, Hans-Heinz Lenze, disse que a mulher do suspeito, Rosemarie, aparentemente não "tinha idéia" do que estava acontecendo e que havia ficado inconsolável.

Choque

A Áustria amanheceu em estado de choque nesta segunda-feira, menos de dois anos depois do caso da jovem Natascha Kampusch, que ficou oito anos em um cativeiro também na Áustria.


Fotografia da polícia mostra o local onde filha e três crianças viviam em cativeiro
Fotografia mostra o local onde filha e três crianças viviam em cativeiro

A polícia prossegue com as investigações na chamada "casa do horror" para determinar em que condições Elisabeth viveu reclusa durante 24 anos ao lado de três filhos, em um espaço estreito de 50 a 60 m2 preparado por seu pai no porão do prédio em que a família mora, em Amstetten, 100 km ao oeste de Viena.

O suspeito, detido neste domingo, compareceu a uma audiência com um juiz nesta segunda-feira. Após a detenção, Fritzl manteve silêncio e só revelou o código da fechadura eletrônica do porão.

Os investigadores aguardam ainda os resultados dos exames de DNA que permitirão estabelecer os vínculos de parentesco de três homens e três mulheres, com idades entre 5 e 20 anos, que seriam fruto de incesto.

Três crianças viviam com o pai e a mulher dele, Rosemarie, enquanto os outros três moravam trancados com a mãe no porão. Eles nunca nunca tiveram o direito de deixar o local.

Cegueira

A imprensa austríaca critica nesta segunda-feira a "cegueira" das autoridades que, como no caso de Natascha Kampusch, foram incapazes de descobrir durante o passar dos anos este drama qualificado pelo jornal "Österreich" de "pior crime" na história de acontecimentos do país.

"Como foi possível?", questiona o jornal "Die Presse", enquanto o tablóide "Kronen Zeitung" tenta estabelecer um perfil de Fritzl, um homem apaixonado pela pesca, apreciado companheiro de conversas entre seus amigos da cidade e "monstro" na intimidade do porão.

O caso lembra o de Natascha Kampusch, seqüestrada por um homem quando caminhava para escola aos dez anos, em março de 1998. Seu cativeiro, em um porão na periferia de Viena, durou mais de oito anos, até o dia que conseguiu escapar, em agosto de 2006.


Nota:

"pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus," 2 Timóteo 3:2-4. Como vimos nos últimos tempos o caráter humano vem se distanciando de Deus, apenas citei 2 casos, mas existem milhares em todo mundo. Como sabemos isso é profético infelizmente o homem está deixando a casa do Pai. Até quando isso irá acontecer? Aguardamos logo a volta de Cristo. Maranata!