quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

“A CARNE DE PORCO NÃO IMPLICA NA MINHA SALVAÇÃO”

Deus quer que tenhamos boa saúde (III S. João 2), porque nos comprou com Seu sangue (I Cor. 6:20), e espera que sejamos puros (Rom. 12:1), para nos constituirmos realmente na morada do Espírito Santo. I Cor. 3:16.

Se alguém, pela ingestão de carnes imundas (Lev. 11; Deut. 14), se torna impuro, Deus nele não pode morar, e pior, será destruído no último dia. I Cor. 3:17.

Por exemplo, Deus Se “irrita” com os comedores de porco (Isaías 65:3-4). Também os consumirá (Isaías 66:17 – compare com os versos 22-23). Veja, Deus está falando que os comedores de carne de porco ficarão fora da Nova Terra. Isso merece, portanto, sua reflexão plena. Implica ou não na salvação?

Por que a carne de porco não é consumida nos hospitais? Deut. 14:8.
Uma vez ouvi: “A diferença do urubu para o porco é que um voa e o outro anda sobre patas.” – De fato, a função de ambos é a limpeza da terra.

“EU COMO TUDO PORQUE O QUE DEUS FEZ É BOM”
Sim, realmente é bom o que Deus fez, mas, para o fim que Deus criou. Exemplo: minhoca é boa, mas não para se comer e sim fertilizar a terra. Urubu é tão bom e útil que é proibido por lei matá-lo. Por conseguinte, ao afirmar o Senhor que “tudo é bom” não foi para que nós hoje nos valhamos disto para satisfazer nossa vontade. Esta deve ser submetida à vontade do Senhor.


Leia sobre carnes imundas aqui:
http://iasdluz.blogspot.com/2009/05/especial-carnes-imundas.html

8 comentários:

Francisco A. de Azevedo disse...

Sr Editor,

Veja a bíblia
A - 1 Cor 10 :

25. COMEI DE TUDO O QUE SE VENDE NO MERCADO, sem levantar dúvidas por motivo de consciência,
26. pois a Terra e tudo o que ela contém pertence ao Senhor.
27. Se algum pagão vos convidar e aceitardes o convite, comei de tudo o que vos for oferecido, sem levantar dúvidas por motivo de consciência.
28. Mas se alguém vos disser: «Isto é carne sacrificada aos ídolos», não comais, por causa daquele que vos avisou e por motivo de consciência.
29. Falo da consciência dele, não da vossa. Por que motivo a minha liberdade deveria ser julgada por outra consciência?
30. Se eu tomo alimento dando graças, porque seria eu censurado por alguma coisa, pela qual dou graças?

B - Jesus disse também:
São Mateus 15,11

Não é o que entra na boca que torna o homem impuro, mas o que sai da boca isso é que torna o homem impuro».

C - Visão de Pedro:
11. Viu o céu aberto e uma coisa que descia para a terra; parecia uma grande toalha sustentada pelas quatro pontas.
12. Dentro dela havia toda a espécie de quadrúpedes, e também répteis da terra e aves do céu.
13. E uma voz disse-lhe: «Levanta-te, Pedro, mata e come!»
14. Mas Pedro respondeu: «De modo nenhum, Senhor! Porque eu nunca comi coisa profana e impura!»
15. A voz disse-lhe pela segunda vez: «NÃO CONSIDERES IMPURO O QUE DEUS PURIFICOU».


D - Será que ele considerou puro que já era puro? ou quis dizer que tornava a alimentação dos Cristãos gentios pura?

Veja:

Marcos 7:
15. Nada há fora do homem que, entrando nele, o possa manchar; mas o que sai do homem, isso é que mancha o homem.
16. [bom entendedor meia palavra basta.]
17. Quando deixou o povo e entrou em casa, os seus discípulos perguntaram-lhe acerca da parábola.
18. Respondeu-lhes: Sois também vós assim ignorantes? Não compreendeis que tudo o que de fora entra no homem não o pode tornar impuro,
19. porque não lhe entra no coração, mas vai ao ventre e dali segue sua lei natural? ASSIM ELE DECLARAVA PUROS TODOS OS ALIMENTOS e acrescentava:
20. Ora, o que sai do homem, isso é que mancha o homem.
21. Porque é do interior do coração dos homens que procedem os maus pensamentos: devassidões, roubos, assassinatos,
22. adultérios, cobiças, perversidades, fraudes, desonestidade, inveja, difamação, orgulho e insensatez.
23. Todos estes vícios procedem de dentro e tornam impuro o homem.

E - Hebreus 13:9
Não vos deixeis levar por nenhum tipo de doutrinas estranhas. O melhor é fortalecer o coração pela graça, e não com regras alimentares, que de nada serviam para quem as observava.

F - I Timóteo, 4
1. O Espírito diz claramente que nos últimos tempos alguns renegarão a fé, para dar atenção a espíritos sedutores e a doutrinas demoníacas.
2. Serão seduzidos por homens hipócritas e mentirosos, que têm a própria consciência como que marcada a ferro quente.
3. Eles proibirão o casamento, exigirão abstinência de certos alimentos, embora Deus tenha criado essas coisas para serem recebidas com acção de graças por aqueles que têm fé e conhecem a verdade.
4. De facto, tudo o que Deus criou é bom, e nada é desprezível se tomado com acção de graças,
5. porque é santificado pela Palavra de Deus e pela oração.

G - Romanos, 14
1. Acolhei o fraco na fé sem lhe criticar os escrúpulos.
2. Um acredita que pode comer de tudo; outro, sendo fraco, só come legumes.
3. Quem come de tudo, não despreze quem não come. E quem não come, não julgue aquele que come, porque Deus acolhe-o assim mesmo.
4. Quem és tu para julgar um servo alheio? Se ele fica de pé ou cai, isso é lá com o patrão dele; mas ele ficará de pé, pois o Senhor é poderoso para o sustentar.

...continue lendo rom 14...

LEMBREM-SE! JESUS E OS APÓSTOLOS FALAVAM DE ALIMENTOS DOS GENTIOS TAMBÉM!

AS REGRAS ALIMENTÍCIAS DELES ERA DIFERENTE DA DOS JUDEUS.
ENTENDI QUE NÃO SE EXIGIU DOS GENTIOS SEGUIR AS REGRAS ALIMENTARES DA DISPENSAÇÃO LEVITICA

Francisco A. de Azevedo disse...

Sr Editor,

Cordiais saudações em Cristo Jesus!

Lendo direito o texto de Isaías Isaías 66:17 – Os que se SANTIFICAM, e se PURIFICAM, nos jardins uns após outros; os que comem carne de porco, e a abominação, e o rato, juntamente serão consumidos, diz o SENHOR.

Percebe que existe um ritual de santificação e purificação relacionado com o consumo destes alimentos?

Faça um paralelo com atos 15:
28 Na verdade pareceu bem ao Espírito Santo e a nós, não vos impor mais encargo algum, senão estas coisas necessárias:
29 Que vos abstenhais das COISAS SACRIFICADAS AOS ÍDOLOS, e do sangue, e da carne sufocada, e da prostituição, das quais coisas bem fazeis se vos guardardes. Bem vos vá.

Percebe que não é somente com relação ao simples consumo da carne destes animais?

Tem a ver com IDOLATRIA e RITUAIS relacionados. PERCEBE?

Do Irmão Alberto

IASD disse...

Querido amigo Francisco.

Percebo a total falta de contexto nos seus textos mencionados. Você citou 1 Cor. 10 25-30, o contexto de todo o capítulo é outro, o contexto está relacionado à adoração de ídolos, ( Leia todo o capítulo, veja versículo 28), o contexto neste capítulo não é alimentação, você utilizou desta alusão de liberação de alimentos para satisfazer a sua vontade. Não sou eu que estou dizendo, leia o capítulo todo.
O mesmo sentido se dá a Romanos 14, leia todo o capítulo.

Outro erro grave, Mateus 15 / Marcos 7
Leia também todo o capítulo, aqui não está sendo liberado a ingestão de qualquer alimento, você afirmou isso, o contexto neste capítulo é explicado no início do mesmo, onde os Fariseus questionaram os discípulos porque comiam sem lavar as mãos (tradição judaica), Jesus questionou duramente os Fariseus por se preocuparem com uma coisa simples assim, sendo que o coração deles estava longe de Deus, não existe nenhuma alusão de liberação de carnes imundas.

Outro erro enorme:
Visão de Pedro,em Atos 10
Porque não deu continuidade ao texto? Veja o próximo versículo, 17: Pedro começou a perguntar a si mesmo o que aquela visão queria dizer....
A visão é explicada a partir do versículo 34. Perceba que a visão foi apenas uma forma de explicar a Pedro, que os não-judeus (povo considerado imundo como os animas da visão) poderiam se tornar puros, através da morte de Cristo. Tudo isso é explicado até o fim do capítulo, Atos 10:34-48

Em Hebreus 13:9
Leia o contexto do capítulo, está relacionado aos sacrifícios do templo... Versículo 10 - Os sacerdotes que servem no Templo não têm o direito de comer do sacrifício que é oferecido sobre o nosso altar..... Também aqui não existe nenhuma alusão sobre a liberação de carne imunda, tanto é que os sacrifícios eram de animais puros. A questão é sobre os sacrifícios, pois Cristo derramou seu sangue por nós.

Sim, os apóstolos seguiam as mesmas regras alimentares dos Judeus, veja um exemplo de Pedro em Atos 10, ele nunca havia comido carnes imundas, o próprio Paulo. Esta afirmação que eles possuíam regras alimentares diferentes é sua, não possui base na Bíblia.


Leia o especial sobre carnes imundas e tire todas as suas dúvidas:

http://iasdluz.blogspot.com/2009/05/especial-carnes-imundas.html

Um forte abraço,
Fique com Deus.

Francisco A. de Azevedo disse...

IASD,

Não me considere seu inimigo por não concordar contigo!

Marcos 7:
16. (Para o)bom entendedor meia palavra basta.

19. porque não lhe entra no coração, mas vai ao ventre e dali segue sua lei natural? ASSIM ELE DECLARAVA PUROS TODOS OS ALIMENTOS...

Declarava puro o que já era puro?

Saudações

Alberto

IASD disse...

Olá amigo Francisco,

Na tradição Judaica, comer sem lavar as mãos significava deixar impura a comida(toda,incluindo alimentos puros), se lavassem as mãos seria uma forma de santificação. Por esta razão Cristo os questionou, por ser uma tradição de homens.

Existem várias maneiras de lavar os pés, as mãos e de lavar-se. Oito palavras hebraicas são empregadas no Primeiro Testamento no sentido de lavar e são traduzidas, em geral, por essa única palavra. São 111 empregos, dentre os quais predomina a expressão rahatz (reish-het-tzadi). O texto do Levítico, com todas suas regras e preceitos de higiene, santificação e pureza, é o grande campeão da lavagem: 54 citações. No Segundo Testamento são 31 empregos de lavar, através de nove palavras gregas diferentes. Sempre traduzidas por lavar, apesar de todas as diferenças e nuances existentes em episódios como quando as águas lavam e acariciam os pés dos discípulos (Jo 13,5-6); ou lavam as mãos de Pôncio Pilatos (Mt 27,24); ou não lavam as mãos dos discípulos, antes de comer (Mt 15,2.20; Mc 7,2-5), nem lavam as mãos de Jesus antes de comer na casa de um fariseu e causam escândalo (Lc 11,38); ou quando lavam o rosto ao jejuar-se (Mt 6,17); ou ainda, as redes dos pescadores pecadores (Lc 5,2).

Um forte abraço,
Fique com Deus.

Francisco A. de Azevedo disse...

Sr Editor,

Cordiais saudações!

Veja a afirmação:

"Sim, os apóstolos seguiam as mesmas regras alimentares dos Judeus, veja um exemplo de Pedro em Atos 10, ele nunca havia comido carnes imundas, o próprio Paulo. Esta afirmação que eles possuíam regras alimentares diferentes é sua, não possui base na Bíblia."

Pelo que sei todos os doze discípulos de Cristo eram Judeus e seguiam as regras alimentícias dos Judeus.

Pedro era Judeu;

Paulo era Judeu, e ainda mais fariseu;

Agora, Cornélio e outros não eram!

Cornélio era um Cristão Gentio/romano.

Depois vieram muitos outro gentios aceitando o evangelho da salvação proposto por Deus em Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Veja a citação de Paulo no que se refere a estas controvérsias de Judeus/Cristãos/Gentios:

1 Tessaloniceses

13 E existe outra razão pela qual sempre damos graças a Deus. Quando levamos a vocês a mensagem de Deus, vocês a ouviram e aceitaram. Não a aceitaram como uma mensagem que vem de pessoas, mas como a mensagem que vem de Deus, o que, de fato, ela é. Pois Deus está agindo em vocês, os que crêem.14 Meus irmãos, o que aconteceu com vocês já havia acontecido também com as igrejas de Deus na Judéia, com o povo dali que pertence a Cristo Jesus. Vocês foram perseguidos pelos seus próprios patrícios do mesmo modo que os cristãos da Judéia foram perseguidos pelos judeus.15 Foram os judeus que mataram o Senhor Jesus e os profetas e também nos perseguiram. Eles desagradam a Deus e são inimigos de todos.16 Tentam até nos impedir de anunciarmos a mensagem de salvação aos não-judeus. Com isso eles completam o total dos pecados que eles têm cometido. Mas agora o castigo de Deus caiu finalmente sobre eles.17 Irmãos, nós tivemos de nos separar de vocês por algum tempo. Estamos longe dos olhos, mas perto do coração. Sentimos muitas saudades de vocês e gostaríamos de vê-los outra vez.18 Por isso quisemos ir até aí e fazer uma visita a vocês. Pelo menos eu, Paulo, quis fazer isso mais de uma vez, mas Satanás não nos deixou.19 Afinal, quando o nosso Senhor Jesus vier, vocês e ninguém mais são de modo todo especial a nossa esperança, a nossa alegria e o nosso motivo de satisfação, diante dele, pela nossa vitória.20 Sim, vocês são o nosso orgulho e a nossa alegria!

No amor de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Alberto

IASD disse...

Por favor, inserir comentários conforme o assunto.

Anônimo disse...

olha Deus nao considera coisa impura como alimento nao ok se voce ta dizendo que pode voce esta passando porcima da palavra de Deus